Braide destaca plano de ação na Saúde para primeiros 100 dias

O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou nesta quinta-feira (19), em entrevista no Bom Dia Mirante, que já tem um plano de ação para os primeiros 100 dias de governo, principalmente para a área da saúde.

“Nós vamos fazer com que a estrutura de saúde que já existe na Prefeitura de São Luís comece a funcionar bem, a partir dos primeiros dias de governo”, afirmou o candidato ao jornalista Clóvis Cabalau, sobre medidas imediatas no setor da saúde.

Eduardo Braide assinalou que São Luís tem 50 Unidades Básicas de Saúde, mas que algumas estão fechadas, citando como exemplo a UBS da Vila Nova República, e disse que essa realidade vai mudar a partir de janeiro do ano que vem. Assegurou ainda que vai criar as Clínicas da Família, espaços onde o cidadão se consultará com um médico e também terá acesso a exames como raio-x, ultrassom, eletrocardiograma e exames de laboratório.

“Nós temos como equipar e colocar pra funcionar melhor as nossas unidades de saúde, onde tem o primeiro atendimento, que é na comunidade, na Atenção Básica. Vamos criar as Clínicas da Família, que servirão tanto para o combate à pandemia como para atender os demais problemas de saúde”, declarou o candidato.

Braide assinalou que os casos que não puderem ser resolvidos nas Clínicas da Família serão encaminhados aos Centros de Especialidades Médicas, voltados ao atendimento de pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão.

Ele assegurou, ainda, que vai zerar a fila para consultas e exames em São Luís. “O meu compromisso com você é acabar com essa humilhação que é a Central de Marcação de Consultas. E é isso que nós vamos fazer a partir do ano que vem”, afirmou.

Outro compromisso assumido por Braide, a partir de janeiro do ano que vem, é a reabertura das Maternidades Nazira Assub (na Estiva) e Maria do Amparo (no Anil). “Dá para fazer, e dá para fazer rápido, para melhorar a saúde em São Luís”, disse.

Emprego, renda e apoios

Na entrevista, Braide também focou em propostas para áreas como emprego e renda. “A Prefeitura deve liderar o processo de capacitação da mão de obra. Vamos fazer parceria com Sesi, Senai, Sebrae, Ifma, com universidades, para capacitar e qualificar a nossa mão de obra, para que os empregos que sejam gerados aqui, a partir do ano que vem, fiquem aqui”, afirmou, destacando que também desenvolverá um calendário cultural anual para fomentar a geração de trabalho no setor.

Eduardo Braide ressaltou os apoios recebidos nos últimos dias, caso dos deputados estaduais Neto Evangelista (DEM), Yglésio Moysés (Pros), que disputaram as eleições em São Luís; de Glalbert Cutrim (PDT), Roberto Costa (MDB), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Ciro Neto (Progressista) e Fernando Pessoa (Solidariedade); do ex-juiz Carlos Madeira (Solidariedade), que também foi candidato a prefeito em São Luís; dos vereadores Osmar Filho (presidente da Câmara de São Luís e do diretório municipal do PDT) e Ricardo Diniz (DEM); da vereadora eleita Silvana Noely (PTB), além de diversas lideranças.

“Esses apoios são fundamentais para a nossa vitória, a vitória do povo de São Luís. Por isso, no dia 29 o voto é 19. Vamos à vitória”, conclamou.

Skip to content